Como escolher a sua emulsão serigráfica – Dica da Gênesis

Emulsões com sensibilizante bicromato podem ser expostas a qualquer tipo de fonte de luz, porém possuem a desvantagem de ter um tempo de vida útil reduzida. Depois de 4 horas após misturar o sensibilizante ela começa a se degradar, o que pode diminuir sensivelmente a qualidade de sua revelação. Outra desvantagem é que a matriz emulsionada começa a catalizar a emulsão mesmo na ausência de luz, portanto não é recomendada a trabalhos com retículas.

Emulsões sensibilizadas com diazo possuem características apropriadas para artes chapadas e retículas, além da vantagem de poder sensibilizar o pote todo (ele resiste de 1 a 3 meses dependendo de fatores de conservação), mas lembre-se é sempre necessário fontes ricas em UV – veja este vídeo para saber mais sobre fontes de luz: http://cursodeserigrafia.org/qual-a-lampada-correta-para-revelar-matrizes-telas/

Emulsões fotopoliméricas são mais fáceis de usar, pois já vem pré-sensibilizada e é só aplicar, secar e expor a luz.

Deixe seu Comentário

95% da passoas que leram esse artigo, também leu os artigos abaixo

paperbackstack_550x498Fique atualizado... Conheça o Livro a Tecnologia Serigráfica

Informação de qualidade sobre a arte da Serigrafia.

BAIXE AGORA... É GRÁTIS!

Simplesmente preencha o formulário com seu melhor e-mail

Carlos Damasceno

Carlos Damasceno é um apaixonado por desenho e por arte em geral, desde desenhos em papel, a desenhos em qualquer superfície, como camisetas, chaveiros, utensílios de plástico, metal ou qualquer outra superfície. Foi exatamente por causa por isso que também passou a se interessar por serigrafia.

Website: http://www.cursodeserigrafia.org

Comentários no Facebook