Como Fabricar sua Própria EMULSÃO FOTOGRÁFICA?

Antes de ensinar você a fabricar sua emulsão permita-me tecer alguns comentários e informações relevantes sobre as emulsões fotográficas utilizadas para gravar telas serigráficas.
Existem 3 tipos de emulsões fotográficas no mercado: 
1ª) Hidrofoto – emulsão para gravação de telas que utilizam tinta a base de água, plastisol e tintas a base de solventes sintéticas;

2ª) Plastifoto – emulsão para gravação de telas que utilizam tinta a base de solvente e plastisol; 

3ª) Co-solvente – emulsões modernas para gravação de telas que utilizam qualquer tipo de tinta.
Nesta postagem estaremos ensinando você a fabricar sua própria emulsão fotográfica hidrofoto. Esta emulsão basicamente é composta por adesivo de PVA (cola branca) em dispersão aquosa, pigmentada com cor para dar contraste na área de grafismo (imagem).
O poliacetato de vinila é um polímero sintético mais conhecido pela sigla PVA, que vem do inglês  polyvinyl acetate. Sua maior propriedade é a alta adesividade, por isso o PVA é muito aplicado na fabricação de tintas de parede do tipo látex, em colas comuns, adesivos para papel e em gomas de mascar.
Esse polímero foi descoberto em 1912 pelo Dr. Fritz Klatte, na Alemanha.
Ele é um polímero de adição obtido pela reação de polimerização do acetato de vinila ou acetato de etila.
 
Agora que você conhece o adesivo PVA, vamos descrever a receita para você preparar sua emulsão fotográfica. Lembrando a você que financeiramente só é válido se você comprar o adesivo PVA em quantidades acima de 5 litros.
Quantidades pequenas como 1 litro não compensa financeiramente, melhor comprar a emulsão fotográfica pronta de algum fabricante de produtos serigráficos.
Observação: não esqueça, toda emulsão fotográfica necessita de um sensibilizante para se tornar sensível a luz branca e desta forma endurecer durante o processo de gravação. A proporção é de 9 partes de emulsão para 1 parte de sensibilizante. O sensibilizante mais fácil de trabalhar e de comprar no Brasil é o bicromato de amônia, vendido em lojas de materiais de silk screen. Mas cuidado, este sensibilizante não é biodegradável e não deve ser manipulado sem proteção individual (luvas, máscara, óculos). Depois de adicionado a emulsão deve ser usado no máximo em 4 dias. Depois de aplicado na tela e seca, deve ser gravada em até 4 horas.
Ingredientes:
·        Cola de PVA de qualidade, no Brasil indico a cola Cascorez Extra da Cascola, vendida em quantidades de 500g, 1Kg, 5Kg, 10Kg, 20Kg e 50Kg;
·        Pigmento líquido concentrado a base de água, no Brasil indico corantes da Suvinil. No entanto, você pode utilizar qualquer outro pigmento líquido à base de água.
MODO DE PREPARAR: adicione pequena quantidade de pigmento no adesivo de PVA para conferir cor ao composto. Lembrando que esses pigmentos são altamente concentrados e conferem cor com pequena adição. Misture bem até obter uma solução homogenia e concentrada. Para o preparo de grandes quantidades utilize uma batedeira industrial para realizar a mistura. Essas emulsões podem durar 36 meses.
Quanto as cores que podemos utilizar para pigmentar a emulsão, relaciono abaixo algumas que os fabricantes utilizam no Brasil. Infelizmente ainda não existe uma norma que regule o seu uso, ocasionando algumas confusões entre os serigrafos na hora de identificar pela cor as telas prontas (confeccionadas).
IDENTIFICAÇÃO DAS EMULSÕES POR COR (PADRÃO BRASIL): 
 
·        Emulsões hidrofotos: verde, amarela, laranja e rosa;
·        Emulsões plastifotos: azul, violeta e roxa;
·        Emulsões co-solventes: cinza e roxa.
Deixe seu Comentário

95% da passoas que leram esse artigo, também leu os artigos abaixo

paperbackstack_550x498Fique atualizado... Conheça o Livro a Tecnologia Serigráfica

Informação de qualidade sobre a arte da Serigrafia.

BAIXE AGORA... É GRÁTIS!

Simplesmente preencha o formulário com seu melhor e-mail

Carlos Damasceno

Carlos Damasceno é um apaixonado por desenho e por arte em geral, desde desenhos em papel, a desenhos em qualquer superfície, como camisetas, chaveiros, utensílios de plástico, metal ou qualquer outra superfície. Foi exatamente por causa por isso que também passou a se interessar por serigrafia.

Website: http://www.cursodeserigrafia.org

Comentários no Facebook